O que Bill Gates e Steve Jobs tem a ver com aprendizagem acelerada?

O que Bill Gates e Steve Jobs tem a ver com aprendizagem acelerada

Você deve estar se perguntando: O que Steve Jobs e Bill Gates tem a ver com aprendizagem acelerada? A resposta é simples: eles foram os responsáveis por uma invenção que revolucionou as nossas vidas: o computador pessoal (Personal Computer – PC). Você conhece essa história? Ela é fantástica!

Depois dessa invenção, a humanidade passou a acessar, armazenar e circular, com extrema facilidade, praticamente todo o conhecimento produzido. O PC transformou a forma como trabalhamos, nos comunicamos e, sobretudo, como aprendemos. Hoje, é praticamente impossível você passar um dia inteiro sem ao menos tocar em um desktop, um tablet ou um smartphone.

Sem dúvida, estamos diante da invenção responsável pela construção da chamada “sociedade da informação e do conhecimento”.

O INÍCIO

A história começa na região do Vale do Silício, Estado da Califórnia, nos Estados Unidos da América. Precisamente, na garagem da casa de jovens considerados hoje como gênios.

Até o final dos anos 70, os únicos computadores existentes eram os “mainframes”, ou seja, máquinas enormes, trancadas em salas refrigeradas, que custavam milhões de dólares e podiam ser adquiridas somente por grandes corporações ou instituições bancárias.

Paul Allen e Bill Gates; Steve Jobs e Steve Wosniak
Paul Allen e Bill Gates; Steve Jobs e Steve Wosniak

A revolução toma forma no ano de 1975, quando Bill Gates e Paul Allen fundam a Microsoft e em 1976 quando Steve Jobs e Steve Wosniak criam a Apple.

Ambas as empresas tinham o desejo de construir o primeiro computador pessoal e difundi-lo a todos os cidadãos comuns. No início dos anos 70, outras empresas já tinham feito tentativas nesse sentido, mas nenhuma havia obtido sucesso.

Macintosh 128k
Macintosh 128k

No ano de 1984 a Apple lança o PC mais parecido com a versão que conhecemos hoje: o Macintosh equipado com o System 1.0. Era o primeiro com interface gráfica (ícones e janelas) e mouse, tecnologias adquiridas da Xerox.

Veja abaixo o vídeo da brilhante propaganda de lançamento, transmitida durante o intervalo do Super Bowl XVIII. Em alusão à obra clássica “1984”, de George Orwell, o Macintosh é apresentado como o salvador da sociedade conformista. O Slogan era:

“Você verá porque 1984 não será como 1984”.

Windows 1.0
Windows 1.0

No ano seguinte, a Microsoft lança o Sistema Operacional Windows 1.0, que possuía características semelhantes ao sistema da Apple. Na época, Bill Gates foi acusado por Jobs de plagiar o System 1.0.

É que um pouco antes, a Microsoft havia tido acesso a três protótipos Macintosh, sob a intenção de produzir aplicativos para o novo sistema da concorrente.

Banner de lançamento do Windows
Lançamento do Windows

O Windows 1.0 passou a equipar os PCs produzidos pela IBM (IBM XTs) e, posteriormente, tornou-se adaptável a hardwares produzidos por outras empresas.

Isso permitiu que a Microsoft, com as versões posteriores do Windows, dominasse o mercado de sistemas operacionais e tornasse Gates o homem mais rico do mundo.

Em 1993, cerca de 90% dos PCs do mundo rodavam com Windows.

Por outro lado, o System apenas equipava os computadores da Apple. Jobs acreditava que dessa forma, integrando hardware e software, poderia garantir uma qualidade superior ao seu produto. Essa diferença de estratégia causa uma rivalidade que perdura até hoje.

Embora a Microsoft continue sendo líder no segmento de sistemas operacionais, no ano de 2011 a Apple, devido aos seus produtos inovadores (Mac, Ipod, Iphone e Ipad), passou a concorrente e assumiu a posição de empresa mais valiosa do planeta.

A DEMISSÃO E O RETORNO DE JOBS À APPLE

Em 1986, logo após o lançamento do Macintosh, Steve Jobs foi demitido da Apple, a companhia que havia criado – e que na época já era de capital aberto – após uma luta malsucedida pelo controle da empresa. Ele era considerado improdutivo e incontrolável.

Jobs na Capa da Fortune 1985
Capa da Fortune 1985

No mesmo ano, Jobs fundou a Next e comprou a Pixar da Lucasfilm. Em 1995 a Pixar (produção), em parceria com a Disney (distribuição), lançou o filme Toy Story, considerado o primeiro longa metragem feito totalmente por computação gráfica.

No ano de 2006, a Disney comprou a Pixar por 7,4 bilhões e Jobs passou a ser o maior acionista individual da gigante do entretenimento.

Voltando à história. 10 anos antes, em 1996, a Apple – sem Jobs – estava à beira da falência. Tinha uma ampla gama de produtos, confusos e sem liderança de mercado. Decidiu, então, comprar a Next por 425 milhões de dólares, já que esta havia produzido um excelente sistema operacional.

Steve Jobs na Capa Fortune 1998
Capa Fortune 1998

O sistema da Next substituiu o obsoleto que equipava o Macintosh e serviu de base para o Mac OS X. Com isso, Jobs volta à Apple como conselheiro e no ano seguinte assume o cargo de CEO.

Adivinha quem ajudou a salvar a Apple da falência? A Microsoft. Inacreditável, não? Na verdade, Bill e Steve J. fizeram um acordo histórico que ajudou a salvar as duas empresas.

Em 1997, Gates comprou 150 milhões de dólares em ações sem voto da concorrente e se comprometeu a continuar desenvolvendo o Office para o Mac.

Em troca, a Apple concordou em retirar um processo de longa duração que acusava a Microsoft de copiar no Windows a aparência do Mac OS e aceitou o Internet Explorer como navegador padrão dos Macs, prejudicando a Netscape.

Com guerra declarada à Netscape, que dominava o mercado de navegadores em uma internet que se expandia rapidamente desde o início dos anos 1990, a Microsoft lançou, ainda em 1997, uma versão do Windows com o Internet Explorer acoplado.

Como já dominava o mercado dos sistemas operacionais, em pouco tempo cerca de 80% dos computadores do mundo passaram a utilizar o IE, decretando o fim da Netscape.

Em 1998, o Departamento de Justiça dos EUA abriu um processo contra a Microsoft acusando a empresa de violar a legislação antitruste. Dois anos depois, ela foi condenada e, futuramente, sofreria outras condenações baseadas em práticas anti-competitivas.

Para saber mais informações sobre a batalha dos navegadores (IE x Netscape) clique aqui.

Após assumir a Apple, Jobs inicia no ano de 1997 uma revolução na companhia, enxugando a extensa lista de produtos ineficientes. Em 2001, lançou o Ipod e, seis anos depois (em 2007), produziu aquele que viria a ser o maior sucesso da empresa: o Iphone.

Ipod, Iphone e Ipad
Ipod, Iphone e Ipad

Enquanto o primeiro produto revolucionou a indústria fonográfica, o segundo fez o mesmo com o mundo dos smartphones.

O gênio da inovação era incansável. Em 2010, a Apple lançou o Ipad, popularizando o uso dos tablets. É uma pena que Jobs tenha falecido em 2011.

Assista aqui ao histórico discurso de Steve Jobs na Universidade de Stanford, em 12 de junho de 2005.

Está gostando do artigo?

INSIRA SEU E-MAIL ABAIXO PARA FAZER O DOWNLOAD GRATUITO DO E-BOOK "#7 ESTRATÉGIAS NINJA PARA PASSAR EM CONCURSO PÚBLICO EM TEMPO RECORDE!"

O SURGIMENTO DOS BUSCADORES

A partir da popularização do computador pessoal, as pessoas comuns passaram a ter acesso à uma gama gigantesca de informações. Em um primeiro momento dentro de suas casas e escritórios e, posteriormente, nos seus bolsos e mãos.

Mas era preciso aprimorar a forma de organizar e disponibilizar essas informações aos usuários. Para resolver esse problema, surgiram os mecanismos de busca e, dentre eles, o Google, fundado em 1988 por Larry Page e Sergey Brin.

O Google revolucionou o uso da internet. A empresa, que abriu o capital em 2004, tinha a missão clara de organizar a informação mundial e torná-la universalmente acessível e útil a todos. E, de fato, conseguiu.

Ultrapassou o Yahoo e domina até hoje o segmento mundial de buscadores na internet, arriscando-se a desenvolver uma série de outros produtos inovadores. Além disso, é considerado o website mais visitado do mundo. Em 2014, com o valor de 159 bilhões de dólares, superou a Apple em um ranking de avaliação de marcas e assumiu a primeira colocação.

A difusão dos computadores pessoais (desktops, notebooks, smartphones e tablets), em conjunto com a expansão da internet e dos buscadores (Google, Yahoo, Bing, etc.) permitem acessar praticamente qualquer informação a partir de qualquer lugar em que você se encontre.

Gordon Dryden e Jeannete Vos afirmam na obra “Revolucionando o Aprendizado” que:

[Hoje] Temos a habilidade de armazenar todas as informações do mundo, tornando-a disponível instantaneamente em, virtualmente, qualquer forma para quase todo mundo e em qualquer lugar da terra.

Atualmente, os motores de busca, os e-mails, sites de notícia, blogs, enciclopédias virtuais (wikipedia), cursos online, chats, redes sociais (facebook, google+), aplicativos de mensagens (Whatsapp), uso crescente da nuvem, fusão entre as tvs e os pcs, e assim por diante, constituem meios eficientes de armazenamento, circulação e acesso instantâneo de informações entre as pessoas.

OVERDOSE DE INFORMAÇÕES E APRENDIZAGEM ACELERADA

Qual é a relação existente entre os computadores pessoais e a aprendizagem acelerada? Os PCs permitem que uma overdose de informações chegue diariamente a você. Isso tem diversas consequências, positivas e negativas, inclusive para o processo de aprendizagem.

Do ponto de vista negativo, a overdose de informações provoca um aumento da ansiedade, do stress e causa um elevado grau de confusão e fadiga mental. É tanta informação disponível que você não sabe nem por onde começar. Não dá tempo para consumir todo o conhecimento que você deseja.

Outro efeito perverso, é o aumento do consumo de informações de baixa qualidade. Como o maço disponível de informações se tornou gigantesco, é natural que boa parte de tudo isso seja de conteúdo questionável.

Surge, então, a necessidade de aprimorar o processo de seleção e de aprendizagem de novos assuntos e conhecimentos. Você precisa tomar cuidado para ler e aprender somente aqueles conteúdos que possuem alguma relevância, sob pena de desperdiçar boa parte do seu tempo.

Para reduzir esse problema, além dos motores de busca, começaram a surgir diversos sites e aplicativos que organizam a disponibilidade de informações (e.g. wikipedia) e outros que facilitam o seu consumo (e.g. flipboard e feedly).

Outra tendência é a possibilidade de armazenar as informações mais importantes na nuvem. Assim, você consegue acessá-las mesmo que não esteja com seu dispositivo favorito. Por um lado, a nuvem deveria liberar mais espaços nos HDs dos computadores. Por outro, no entanto, os novos aplicativos exigem cada vez mais espaço interno para que possam rodar em alta qualidade.

Do ponto de vista positivo, ter mais acesso a informações facilita a aprendizagem e o aumento da consciência e inteligência das pessoas. Isso permite que a sociedade evolua mais rapidamente do que no passado.

O acesso às informações, em tempo real, o torna mais consciente acerca de qualquer aspecto que afete a sua vida. A capacitação da população e a qualidade de vida aumentam e os saltos evolutivos da sociedade diminuem, cada vez mais, o seu intervalo de tempo.

CONCLUSÃO

Para fins de aprendizagem, essa nova realidade exige que você aprimore, pelo menos, duas habilidades essenciais.

A primeira delas é a capacidade de selecionar adequadamente as informações que serão consumidas. A segunda, por sua vez, é a capacidade aprender com maior eficiência, ou seja, aprender mais em um menor tempo. É exatamente isso que as técnicas de aprendizagem acelerada proporcionam.

Infelizmente, as escolas ainda não compreenderam que as mudanças na sociedade alteram também a maneira como devemos aprender para enfrentar os desafios futuros.

Em uma sociedade baseada no conhecimento, aquele que aprende mais rápido e melhor, sem dúvida, tem maiores chances de sucesso.

E quanto maior o número de pessoas com essa capacidade, melhor é a condição geral do país.

É uma pena que o Brasil ainda continue nas últimas posições do Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA), comprometendo o nosso desenvolvimento futuro.

É preciso fazer, com urgência, uma revolução na educação e no aprendizado!

As histórias de Bill Gates e Steve Jobs inspiram você?

Quer Aprender 3x Mais Rápido?

Fórmula da Aprendizagem Acelerada

Clique aqui para saber mais>>>